Opinião do Consumidor: Carlow Brewing

oharas.jpg

Em meio a dezenas de cervejarias seculares européias temos a Carlow Brewing Company, uma das aproximadamente 16 micro-cervejarias irlandesas nascidas nos anos 90 – ela é de 1996. A Carlow leva o nome da segunda menor cidade da Irlanda (com pouco mais de 20 mil habitantes), a menos de duas horas de Dublin, e é um esforço do patriarca da família O’Hara, que sonhava em fabricar uma cerveja nos moldes indígenas antigos: “com ingredientes naturais e nenhum aditivo artificial”.

A primeira fermentação aconteceu em 1998 e, já em 2000, a cervejaria conquistaria duas medalhas de ouro no International Brewing Awards (por sua O’Hara’s Irish Stout). A produção, que foi de 1.500 litros em um tanque em 1998, passou para 6.500 litros em 2009 marcando assim o nascimento de outras cervejas da compania, que agora soma sete rótulos: O’ Hara’s Leann Follain, Curim, O’ Hara’s Irish Stout, O’ Hara’s Irish Red, Seasonal Brews/Limited Editions, O’ Hara’s Irish Wheat e O’ Hara’s Irish Pale Ale.

O tour pessoal começa pela O’ Hara’s Irish Red, uma “traditional red ale” de um vermelho tão intenso que chega a parecer negro em alguns momentos. O aroma é levemente frutado com destaque para o caramelo enquanto o paladar é marcado pela lembrança reconhecível de cervejas britânicas, sem ser tão picante. Aqui o malte levemente tostado impressiona ora lembrando caramelo, ora lembrando café – e o bom conjunto vai se tornando amargo (e ainda mais britânico) no final do copo. Intrigante.

“Quando se pensa em cerveja irlandesa, se pensa em Stout”, diz o site da cervejaria, e é quase impossível não ligar Stout ao nome Guiness (a representante mais famosa do estilo). A Carlow tenta fugir da comparação/competição produzindo uma O’ Hara’s Irish Stout muito mais leve, mas não sem personalidade. As características estão todas presentes – a cor negra profunda e o aroma forte de café e chocolate amargo, que se estende ao paladar – criando uma ótima cerveja (plenamente irlandesa).

Lançada em 2009 e feita no sistema dry hopping, a O’ Hara’s Irish Pale Ale já em 2010 foi eleita a cerveja do ano pelo IrishCraftBrewers.com, e o título não foi à toa. O aroma lupulado é extremamente marcante e encantador – com algo de floral. O paladar destaca o malte de caramelo, um pouco de cítrico e muito de lúpulo revelando um leve amargor picante que se pronuncia no final e vai ficando, ficando e ficando – excepcional. Provável melhor rótulo da cervejaria, uma daquelas cervejas para se ter sempre em casa.

Com seu nome que homenageia antigas rotas celtas, a Curim Gold é uma surpresa (boa ou negativa, depende do bebedor): uma cerveja de trigo que troca a Bavária (aquele paladar forte de banana) pela República Tcheca (terra das pilsens clássicas). Quem for esperando beber algo próximo a uma Weiss irá se decepcionar, mas quem gosta das pilsens tem um bom representante, melhor do que muita coisa do estilo, com aroma leve (ameixa, pão fresco, mel) e paladar refrescante. Interessante.

Fechando o pacote da cervejaria Carlow, a Leann O’Hara Folláin, uma Extra Stout irlandesa que deve ser proibida para fãs brasileiros do estilo: vocês vão querer mais e mais. Aroma carregadissimo de chocolate (doce, não amargo) e café – talvez ameixa. O paladar segue nitidamente o aroma com forte presença de chocolate (aqui um bocadinho mais amargo, mas ainda assim suave) e café, que se prolonga no final. Praticamente coloca no banco de reservas a stout tradicional da casa.

As cinco cervejas acima podem ser compradas em packs de três rótulos no… aeroporto de Dublin ao preço de 6 euros. Se você for à Irlanda, vale pensar no tour pela casa (infos aqui).

Teste de Qualidade: O’ Hara’s Irish Red
– Produto: Red Ale
– Nacionalidade: Irlanda
– Graduação alcoólica: 4,3%
– Nota: 3,14/5

Teste de Qualidade: O’ Hara’s Irish Stout
– Produto: Stout
– Nacionalidade: Irlanda
– Graduação alcoólica: 4,3%
– Nota: 3,23/5

Teste de Qualidade: O’ Hara’s Irish Pale Ale
– Produto: Pale Ale
– Nacionalidade: Irlanda
– Graduação alcoólica: 5,2%
– Nota: 3,88/5

Teste de Qualidade: Curim Gold
– Produto: Ale
– Nacionalidade: Irlanda
– Graduação alcoólica: 4,3%
– Nota: 2,96/5

Teste de Qualidade: Leann O’Hara Folláin
– Produto: Extra Stout
– Nacionalidade: Irlanda
– Graduação alcoólica: 6%
– Nota: 3,34/5

curim.jpg

Veja também:
– Top 100 Cervejas, por Marcelo Costa (aqui)
– Top 10 Cervejas Européias, Viagem 2008, por Marcelo Costa (aqui)

Deixe um comentário