Random header image... Refresh for more!

Dylan com café, dia 61: Brazil

Bob Dylan com café, dia 61: E o Brasil e Bob Dylan? Bem, destaque para “Zé Ramalho Canta Bob Dylan – Tá Tudo Mudando”, de 2008, em que Zé Ramalho recria 10 canções em português (entre elas, “Como Uma Pedra a Rolar”, “Não Pense Duas Vezes, Tá Tudo Bem” e “O Vento Vai Responder”) e uma em inglês (“If Not For You”). E, principalmente, Belchior, que transformou uma enorme influência em material original de altíssima qualidade. “O grupo vocal Trio Melodia foi um dos primeiros nomes brasileiros a gravarem uma canção de Bob Dylan quando – em 1965 – registraram ‘Blowin´ In The Wind’ para seu LP na CBS. O grande clássico foi também registrado com sucesso por Diana Pequeno no final dos anos 70”, rememora Marcelo Fróes, que, em 2009, lançou o álbum “Letra & Música” com 14 canções do bardo de Minnesota recriadas por artistas brasileiros por seu incrível selo Discobertas (numa coleção que já havia homenageado Paul, John e George, dos Beatles, com um álbum cada).

A seleção abre com a famosa versão de “Jokerman”, de Caetano Veloso, registrada no álbum “Circulado – Vivo“, de 1992, (e a música “favorita” de Bruna Lombardi – Caê ainda registraria “It’s Alright Ma” no bom álbum em inglês “A Foreign Sound”, de 2004), e segue com a delicada versão de “It Ain’t Me Babe”, de Mallu Magalhães, registrada em seu DVD de 2009 (quando ela tinha 16 anos!). Renato Russo marca presença com sua bela versão de “If You See Him Say Hello”, do especialíssimo “The Stonewall Celebration Concert” (1994) enquanto Gal surge com “Negro Amor”, a clássica versão de Caê e Pericles Cavalcanti para “It’s All Over Now, Baby Blue” presente no disco “Caras e Bocas”, de 1977 (a canção reaparece nessa seleção na regravação dos Engenheiros do Hawaii em 1999).

Entre os principais resgates estão “Batismo dos Bichos” (“Man Gave Name To The All Animals”) com Ruy Maurity em 1980 e “Joquim” (“Joey”) com Vitor Ramil em 1987. Completam o tracking list seis versões honestas feitas em 2009 exclusivamente para o álbum (com Fred Nascimento, Twiggy, Luanh, Jomar Schrank, Profiterolis e Daniel Lopes) mais “Knockin’ On Heaven’s Door” com Evandro Mesquista em 2009. Um álbum bem interessante para perceber o alcance da música de Dylan.

Especial Bob Dylan com Café

maio 31, 2018   No Comments