Opinião do Consumidor: König Ludwig

konig.jpg

Suavemente doce, mas nem tanto, essa bela Dunkel (uma lager escura tipicamente alemã) tem uma história bastante curiosa. Seu slogan no rótulo, “von königlicher Hoheit Bier”, ou “Cerveja de Sua Alteza Real”, tem a ver com sua herança no Reino da Baviera. O atual proprietário, o Príncipe Leopoldo da Casa de Wittelsbach, é bisneto do último rei, Ludwig III, e a linhagem ainda inclui o Duque Guilherme IV, autor da Lei de Pureza alemã, que limitava os ingredientes da cerveja a água, malte e lúpulo.

A König Ludwig Dunkel é produzida pela cervejaria König-Ludwig Schlossbrauerei Kaltenberg, que fica perto de Munique, mas não tão perto a ponto de ser convidada para participar da tradicional Oktoberfest que, veja só, surgiu após o casamento de um dos ascendentes da família da Casa de Wittelsbach, em Munique (só podem participar da Oktoberfest original, em Munique, cervejarias que mantém suas fábricas nos arredores da cidade, o que acontece apenas com sete fábricas, entre elas a conhecida Paulaner).

A Dunkel tradicional típica da Baviera é feita com maltes torrados que lhe conferem um gosto adocicado que fica entre o caramelo e o chocolate (podendo chegar a café). O lúpulo, de origem alemã, dá uma contrabalanceada deixando o sabor menos adocicado (se não fosse o lúpulo, uma planta da família da maconha, a cerveja seria totalmente doce). Toda boa cervejaria alemã que se preze tem uma Dunkel (que, acredite, foram anteriores as cervejas claras) em seu portfólio.

Esta König Ludwig tem um bom teor alcoólico (5,1) e um gosto adocicado que valoriza o conjunto e mais pede outra do que chega a enjoar (o que acontece muito com as cervejas doces). É uma cerveja bastante equilibrada, com o lúpulo marcando presença no aroma junto a notas claras de caramelo e o paladar destacando o malte torrado. O amargor é leve e a cerveja sobe que é uma beleza, valorizando a König Ludwig, que não chega a ser uma Kostritzer (uma das tops na categoria), mas ainda assim é muito boa. A garrafa de 500 ml pode ser encontrada por ai entre R$ 9 e R$ 11.

Teste de Qualidade: König Ludwig Dunkel
– Produto: Lager Dunkel
– Nacionalidade: Alemã
– Graduação alcoólica: 5,1%
– Nota: 3,3/5

Leia também:
– Kostritzer, uma das dez cervejas da tour Europa 2008 (aqui)

Deixe um comentário